Publicado em Deixe um coment√°rio

Nonagésimo aniversário de Fanon РRacismo e sofrimento psíquico

CURSO KILOMBAGEM – FANON VIDA E OBRA

O¬†Post de hoje, re√ļne os autores que identificam em Fanon os subs√≠dios para a consolida√ß√£o de uma psicologia das rela√ß√Ķes raciais.

sofrimento psíquico

Thiago Sapede, em seu artigo intitulado ‚ÄúRacismo e Domina√ß√£o Ps√≠quica em Frantz Fanon‚ÄĚ explora as ideias de Fanon com vista ao entendimento dos reflexos da domina√ß√£o colonial na esfera psicol√≥gica. O autor identifica no m√©todo psicanal√≠tico de Fanon uma responsabiliza√ß√£o dos sujeitos colonizados¬† que os incentiva √† luta anticolonial como cainho para emancipa√ß√£o ps√≠quica (SAPEDE, 2011).

ACESSE O ARQUIVO AQUI

 

J√° Kawahala e Soler (2010), em seu artigo intitulado “Por uma psicologia social antirracista: contribui√ß√Ķes de Frantz Fanon”advogam pela contribui√ß√£o de Fanon √† psicologia social. Em seu artigo refletem sobre o contexto atual brasileiro em que a exist√™ncia do racismo foi oficialmente reconhecida pelo Estado brasileiro para, em seguida, argumentar pela atualidade de Fanon para pensar as rela√ß√Ķes entre sociedade e psiqu√™. Para os autores, as reflex√Ķes de Fanon possibilitam equacionar o quanto a a folcloriza√ß√£o e etigmatiza√ß√£o da cultura negra em uma sociedade racista refletem alteram a subjetividade dos sujeitos negros. Para al√©m deste aspecto, enfatizam a importancia atribu√≠da √† Fanon aos acontecimentos sociais, quando relacionada √† constitui√ß√£o subjetiva dos sujeitos, e por isso, como no caso anterior, apontam a luta pol√≠tica antirracista como ¬†forma de supera√ß√£o dos problemas identificados.

ACESSE O ARQUIVO AQUI 

 

BOA LEITURA!!!