Publicado em Deixe um coment√°rio

NOTA DO TRIBUNAL POPULAR EM DEFESA DO POVO GUARANI KAIOW√Ā DA ALDEIA TAKUARA!‚ÄŹ

Desde o ano passado diversos foram os apelos e denuncias feitas, nada e ningu√©m ouviu, Governo Federal, Legislativo, STF FUNAI dentro outros, o aviso era claro os Fazendeiros que tem cometido reiterados crimes contra os Guarani Kaiow√°s no Mato Grosso do Sul, estavam se armando e preparando diversas a√ß√Ķes, algumas travestidas de legalidade e outras n√£o.

No começo desse ano, já foram duas mortes diretas, sem que ninguém tomasse nenhuma providência!

A aldeia Takuara, terra aonde nasceu e morreu o Cacique Marcos Veron, por sua import√Ęncia pol√≠tica , passou a sofrer diversos ataques direto, 3 deles (duas queimadas e uma tentativa de assassinato do Cacique L√°dio Veron e mais tr√™s lideran√ßas), testemunhados pelo Tribunal Popular e observadores que estiveram em um acampamento na Aldeia Takuara em dezembro(2012) e janeiro(2013), todos comunicados as autoridades que teriam compet√™ncia para resolver essa situa√ß√£o .

Na semana passada , foi denunciado que Jacinto Hon√≥rio, arrendou ilegalmete as terras da aldeia Takuara e o suposto arrendat√°rio, foi at√© a aldeia e amea√ßou os moradores e falou que iria derrubar a √ļltima reserva florestal da aldeia, a FUNAI falou que nada poderia fazer.

Todas essas denuncias, foram feitas e enviada com c√≥pia para todas as autoridades “competentes”.

Hoje diante de tantos descasos, os Guarani Kaiowá fecharam a entrada da Fazenda Brasília do Sul , que invade as terras da Aldeia Takuara e não sabemos qual o desfecho dessa situação.

Pedimos aos diversxs companheirxs, que nos ajudem nesse momento de mobiliza√ß√£o, que traduzam essa nota para as diversas l√≠nguas, que fa√ßam chegar aos povos do mundo, que o estado brasileiro √© genocida e c√ļmplice do etnoc√≠dio que tem acontecido no MS do Sul com os Guarani Kaiow√° e n√£o deixemos acontecer o que ocorreu em 2001, quando foi assassinado Cacique Marco Veron .

Gritemos bem forte para que o mundo todo possa ouvir e essa barbárie pare de acontecer. Guarani Kaiowá é meu amigo, mexeu com ele mexeu comigo!


Tribunal Popular: o estado brasileiro no banco dos réus
blog: www.otribunalpopular.wordpress.com